quarta-feira, 31 de agosto de 2016

O CHORO DO CROCODILO | A falta de vergonha dá para tudo. O cinismo não conhece o ridículo. O ridículo não mata, mas esclarece muita coisa. É assim, a vida dos trapaceiros.
Fonte SIC-N
facebook

terça-feira, 30 de agosto de 2016

GESTÃO CULTURAL — POLÍTICA CULTURAL | Uma opinião de peso, que não pesa a ler. Recomendo leitura a responsáveis autárquicos, programadores e outros amadores da cultura. 
Fonte Público
facebook

segunda-feira, 29 de agosto de 2016



FÉRIAS, MÚSICA E NOITES FANTÁSTICAS | Fim do dia. Regresso da praia. Tempo de conviver à volta da comezaina e do melhor vinho. A acompanhar? A música dos amigos. Hoje vão estar a rodar os mais recentes discos da Marta Dias e do Carlos Martins. Mas José Carlos Araújotambém vai entrar na roda com a sua interpretação no orgão das sonatas de Carlos Seixas — Capa e design de comunicação: DDLX Design Comunicação Lisboa.
Boa música para saborear enquanto se experimentam os petiscos que a noite nos traz. Há noites melhores que os dias.
As férias regressam quando der para isso.
O trabalho já regressou em pleno.

facebook

quinta-feira, 25 de agosto de 2016

DESIGN DE COMUNICAÇÃO | Grande capa.
facebook

terça-feira, 23 de agosto de 2016

O QUE É BOM É PARA SE PARTILHAR | Lá diz o povo. E é verdade.
Artigo de José Vítor Malheiros, a ler no Público.
facebook

sábado, 20 de agosto de 2016

FÉRIAS, LIVROS E DIAS LONGOS | As praias são excelentes. Arrábida, Tróia, Meco, Comporta, Carvalhal, Pego. A gente escolhe o sitio pouco depois de acordar. O livro já está escolhido. No Verão escolho histórias curtas. Contos. Dois autores: Ruben Fonseca, Lucia Berlin. Duas surpresas. A curiosidade vai continuar. Há histórias que nos fazem caminhar. Há autores que não se podem perder. Bom dia de verão.
facebook

sexta-feira, 19 de agosto de 2016

ANDRÉ JORGE | Estava doente há muito tempo. Ía aguentando a doença com resignação. Era um homem de bom trato. Simpático e conhecedor do seu ofício. Criou a editora Livros Cotovia. A livraria é muito bonita. Tem os livros editados pela casa e é frequentada por uma também simpática gata que parece conhecer os títulos todos. Esta notícia é muito triste para quem gostava do André Jorge, Eu gostava do André Jorge. Muito obrigado por tudo, André. 
facebook

sexta-feira, 12 de agosto de 2016

O QUE NASCE TORTO... | Pensaram que o homem podia ser um bom candidato. Mas agora começam a vê-lo enterrar-se de dia para dia. É que aqui o penteadinho não odeia apenas gente de pele diferente da dele. Criancinhas só as suas. E mulheres só a dele e longe de decisões, que decidir não é coisa para mulheres. Os decisores do partido republicano já perceberam que este energúmeno só gosta dele próprio. E, é claro, já perceberam também que metê-lo na Casa Branca vai ser difícil. Ainda bem que estão assustados.
Fonte Expresso
facebook

quinta-feira, 11 de agosto de 2016

JOGOS DE PODER | Vermos o actual presidente do Governo Regional da Madeira intervir e dar justificações, em conferência de imprensa, sobre a calamidade que atravessa a ilha, acompanhado por uma senhora — responsável pela inclusão social, diz a legenda — que acena aos presentes e dá toques no cabelo, é motivo de grande preocupação. Não, não estou com saudades de Alberto João Jardim, mas esta nova trupe de governantes da ilha não deixa ninguém descansado.
facebook

quarta-feira, 10 de agosto de 2016


O MAL E A ESCARAMUÇA | O mal está na falta de limpeza das matas? Nos estratagemas dos negociantes de madeiras? Nas reacções ressabiadas de caçadores sem escrúpulos? São indivíduos alcoolizados ou parvinhos destrambelhados os principais responsáveis por tanto crime? Ou esses são apenas atirados para uma descontrolada frente de destruição? Uma coisa é certa: este mal existe. Está aí. Destruir pelo fogo é acessível a qualquer imbecil. O problema é político. As decisões são sempre políticas. Actue-se de uma vez por todas, antes que seja excessivamente tarde. Esta catástrofe pode ser uma oportunidade para se resolver muita coisa.
facebook

O MAL E A ESCARAMUÇA | O mal está na falta de limpeza das matas? Nos estratagemas dos negociantes de madeiras? Nas reacções ressabiadas de caçadores sem escrúpulos? São indivíduos alcoolizados ou parvinhos destrambelhados os principais responsáveis por tanto crime? Ou esses são apenas atirados para uma descontrolada frente de destruição? Uma coisa é certa: este mal existe. Está aí. Destruir pelo fogo é acessível a qualquer imbecil. O problema é político. As decisões são sempre políticas. Actue-se de uma vez por todas, antes que seja tarde. Esta catástrofe pode ser uma oportunidade para se resolver muita coisa.
facebook

terça-feira, 9 de agosto de 2016

CAOS | A Madeira está a arder. O centro histórico está em risco. A situação é preocupante. A par deste drama há muitos outros a arruinar o país mais um bocadinho. É todos os anos isto. Há quem se divirta com o "espectáculo". O que fazer quando tudo arde?
facebook

terça-feira, 2 de agosto de 2016



INTEMPORAL SAUDADE | Tanto tempo depois... Tanta memória viva.
facebook

+