quinta-feira, 30 de junho de 2016

MANUAL DE NORMAS | As condecorações são lastro que me passa ao lado. Mas nada tenho contra quem as merece. A triste figura que ocupou o Palácio de Belém durante uma década, sempre se recusou a reconhecer o valor de Salgueiro Maia. Preferiu condecorar os carrascos de muitos democratas. Marcelo veio agora corrigir essa casmurrice. Estes gestos valem o que valem. Mas valem sempre alguma coisa quando anulam a atitude de um grunho inclassificável. 
facebook
VENDE-SE | Termina hoje às cinco da tarde o prazo para a entrega de propostas para a compra do Novo Banco. Vá lá, despachem-se. Não se acanhem.
facebook

quarta-feira, 29 de junho de 2016

CAFÉ E SIMPATIA | Entro no sítio, em Setúbal, onde habitualmente tomo o café antes de rumar para Lisboa. Falava-se de futebol e do próximo jogo em que Portugal vai pisar o relvado. O dono do espaço opina: "Bem, vamos ver como se comportam o macaco e o cigano". Sei que há um cigano na selecção nacional. Mas não sabia que eram convocados macacos. O café até me soube a merda. Pelo sim pelo não, nunca mais entro naquele parque temático.
facebook

terça-feira, 28 de junho de 2016

É PRECISO FAZER UM DESENHO? | No passado sábado, dia em que André Carrilho desenhou ao vivo no Museu do Trabalho Michel Giacometti, saiu este bonito texto da Maria Rita Vieira Pimenta no Público. É bom percebermos que a Festa da Ilustração - Setúbal é uma grande festa.
facebook
A VIDA DAS MARIONETAS | Esta abécula apostou no cavalo errado. Pensou que ía ser levado em ombros, quando afinal acabou atirado borda fora. Não contou com o país real que ainda acredita no heroísmo dos cavaleiros de antigamente. Agora saltou de cena. Que remédio. A ambição não compensa. Estes direitolas pensam sempre que a política é andor para o seu desfile pessoal. Deixa assim uma população jovem refém dos velhos do restelo lá do burgo. É a vida.
facebook

segunda-feira, 27 de junho de 2016

SEM QUALIDADES | Juncker e os seus pares estão seriamente empenhados em provar que pertencer à União Europeia não serve mesmo para nada. Estes homens foram contratados para dar cabo da Europa. Sim, porque não deve ser exclusivamente de estupidez que se trata. A estupidez é só revelada pela inabilidade: não sabem o que fazer e não sabem como o justificar. Uma gente muito triste e sem cultura apoderou-se do continente europeu. 
facebook

domingo, 26 de junho de 2016

INGLESES JÁ TÊM O SEU TRUMP | Os adeptos da saída querem estar fora mas dentro. Dentro para umas vantagens e fora para outras. Ninguém lhes tinha dito que não se pode ter tudo. A criatura do retrato já recuou em todas as pretensões "independentistas".Toda esta saída está a ser tratada com uma inabilidade impressionante. Junker já começou a disparatar. Merkel tenta moderar as coisas. A trapalhada está instalada. Os trapalhões estão em delírio. Teme-se o pior.
facebook

sexta-feira, 24 de junho de 2016

JIBÓIA EM SETÚBALÓscar Silva é músico e designer. Trabalha comigo, na DDLX Design Comunicação Lisboa. Para este projecto convocou o baterista Ricardo Martins. Escreveram "Masala", um novo disco que agora poderemos ouvir ao vivo. É hoje, na Casa Da Cultura | Setúbal, sala José Afonso. A não perder.
facebook
O PRINCÍPIO DO FIM | Acima de tudo é a incompetência das elites europeias que salta à vista. Anos a fio de Barrosos e Junkers ao leme só podia dar nisto. Projecto europeu falhado. O impensável torna-se evidência. O egoísmo vence a política. A extrema-direita no poder já não é imaginação delirante. Pode ser facto. Nada será como dantes? Pois não, agora é lutar contra o fim. Ainda não fomos ao fundo, mas já estivemos mais longe.
facebook

quarta-feira, 22 de junho de 2016

CARLOS ROCHA | Morreu um grande designer. Convivi com ele nos tempos da Expo'98. Conversámos muito. Era um grande designer e um homem culto. Sabia da poda e de muito mais. Nunca mais nos encontrámos. Agora tenho pena. Às vezes pensava nele e no que ele diria de certas coisas. Que merda, esta merda da morte.
Muito obrigado, Carlos. 

facebook
LIXO AO LAGO | Há um novo herói — quer dizer: ele já era, mas agora é na vertente dos lutadores contra o lixo informativo — que alimenta os comentários e os entusiasmos nacionais. Tenho razões de queixa no que se refere ao "agredido" pasquim. Razões mesmo pessoais. E nada tenho contra o herói. Mas não aprovo atitudes que apenas se prendem com demonstrações de ego. Feitios. Mau feitio, o meu.
facebook

terça-feira, 21 de junho de 2016

ANDRÉ CARRILHO AO VIVO EM SETÚBAL | O projecto começou no Mercado da Ribeira, em Lisboa. Destacados ilustradores contam uma história de marinheiros e sereias. Tudo se passou na loja da Conserveira de Lisboa. Os painéis estão agora expostos no Museu do Trabalho. André Carrilho vai desenhar as placas que completam a história. E vai ser ao vivo, à nossa frente. Privilégio nosso. 
facebook

segunda-feira, 20 de junho de 2016

HÁ MÚSICA NA FESTA. É já na próxima sexta-feira.
facebook
https://www.facebook.com/festadailustracaosetubal/?fref=nf

sábado, 18 de junho de 2016

A SOLIDÃO DOS NÚMEROS PRIMOS | Parece evidente para qualquer um que a manifestação amarelada não poderia ter 40 mil pessoas a desfilar. Basta olhar para o recinto em que decorreu. A manifestação de hoje, olhando para o recinto em que decorreu, percebe-se que deve ter contado com o número que o Expresso aqui revela. Mas para além destas evidências, existe outro factor que deve ser levado em conta. É claro que não há números que aguentem os que querem que todos paguemos as suas escolhas privadas. Ou será que está tudo parvo? Ou doido? Tenham juízo. Só isso. Não é pedir assim muito.
Fonte Expresso
facebook

sexta-feira, 17 de junho de 2016

























DESIGN DE COMUNICAÇÃO | Grandes grafismos.
facebook
CELESTINO MOREIRA | Foi meu professor. O período em que me ensinou matemática coincidiu com o curto espaço de tempo em que a disciplina me foi grata. Depois dele passei a não gramar aquilo. Foi um excelente professor e um grande ser humano. Lembro-me de uma expressão por si utilizada —e criada, penso —, quando o ruído se instalava na sala: "pouca estrecalheira". O ruído dava lugar à gargalhada e a coisa compunha-se. O sentido de humor compunha muita coisa. Também se dedicou à escultura. Há uns tempos pensámos fazer uma exposição sua na galeria da Casa Da Cultura | Setúbal. Mas a doença estragou essa ideia. Entretanto fiz-me amigo dos seus filhos. É neles que penso neste momento. Um abraço, Leonor e Zé.
Enfim, este desaparecimento é uma tristeza, mas pensar que convivi com ele causa-me uma sensação de contentamento. Tive a sorte de conviver com grandes seres humanos. Isto é muito bom.
Muito obrigado, professor Celestino Moreira.

facebook

quinta-feira, 16 de junho de 2016

A VIOLÊNCIA, ESSA ESTUPIDEZ | Uma mulher morre porque é contra a violência. Morre exercendo a cidadania. Os idiotas que resolvem tudo ao estalo e ao safanão não sabem o que isso é. São perigosos. É perigoso defender ideias contra a violência.
Fonte DN
facebook

quarta-feira, 15 de junho de 2016

BANCA OCASIONAL | Foi a banca internacional que tramou o mundo. É a banca nacional que vai tramar isto tudo. Todos os banqueiros ocasionais passam por lá, enchem o cartuxo e põem-se a milhas. Desandam impunes, ricos e felizes. E quem se lixa com a zelosa administração dos banqueiros ocasionais dos prestimosos bancos? 
Ora, é preciso fazer um desenho?
Fonte Económico
facebook

terça-feira, 14 de junho de 2016

MÁRIO ZAMBUJAL | Foi bonita, a festa do Mário Zambujal. Foram bonitas, as palavras dos amigos. Gente boa merece festas bonitas.
facebook

segunda-feira, 13 de junho de 2016

E AGORA ALGO REALMENTE IMPORTANTE | Esqueçam por momentos os políticos que não o são e outros artistas de variedades. Mário Zambujal já vai nos oitenta e ninguém o pára. A Câmara Municipal de Lisboa resolveu fazer homenagem ao jornalista e escritor que tanto tem alegrado a nossa existência. Vai ser amanhã, no lindíssimo jardim de inverno do São Luiz. Lá estarei para lhe dar um abraço. Ah, é verdade, ainda não vos disse que vai ser Mário Zambujal o próximo convidado Muito cá de casa, na Casa Da Cultura | Setúbal? Aguardem pela data. Cada conversa com Mário Zambujal deve ser guardada na caixinha das coisas preciosas. 
facebook
O ENTERTAINER | Afinal parece que Marcelo não é político. É não sei o quê e também Presidente da República. E é por ser Presidente da República que não sai debaixo da chuva, o valentão. Isto porque um Presidente da República não deve ter medo da chuva, pois claro. E pelos vistos também não deve ser político. O chorrilho de banalidades tipo artista de variedades continuou. Fiquemos por aqui. Não sei que manuais leu o homem, nem sei o que pensam os seus eleitores. Eu, caso tivesse votado nele, estaria preocupado. E estou na mesma. Quem é que terá sido eleito? Um político não foi. Terá sido um entertainer?
facebook

domingo, 12 de junho de 2016

BESTAS EM FÚRIA | Um criminoso de 29 anos atirou a matar. Matou 50 pessoas e deixou em perigo de vida outras tantas. A discoteca era frequentada sobretudo pela comunidade homossexual lá da zona. Não se sabe ainda se o atirador era um vulgar delinquente homofóbico em cruzada contra a comunidade gay, ou se era um "soldado" do auto-proclamado estado islâmico. É difícil distinguir um troglodita em fúria.
Fonte Expresso
facebook
PAQUETE DE OLIVEIRAEra um homem que emanava uma serena sabedoria. Não sei muito bem o que isto quer dizer, mas é o que acho. Gostava do que ele achava das coisas, mesmo quando não gostava muito do que ele achava. Esta sua despedida — que não sabe ser uma despedida — revela como ele encarava a sua prestação. Lia Paquete de Oliveira, gostava dele e da sua serena sabedoria, repito, mesmo sem saber muito bem o que isto quer dizer. Estou-lhe grato. Só isso.
facebook

sábado, 11 de junho de 2016

VERÃO'16 | O verão chegou. A partir de agora tudo será diferente na política e no resto. Temos os conflitos entre "famosos" para animar as notícias e as redes. Vamos dar importância não às coisas simples, mas simplórias. É fatal. É um destino de verão. Até temos um novo Presidente veraneante que finalmente está como peixe na água. Vai ser um fartote de tirar selfies com o povo e com os seus pares. Se é que há par para ele.Todos os comentários e aberturas de notícias televisivas vão ser sobre os desafios do futuro próximo - os da bola. Toda a gente já preparou o local onde vai trincar amendoins ou tremoços e emborcar imperiais em frente a um monitor. Há coisas lindas para fazer no verão.
Dito isto, adoro o verão. Há sempre um outro verão que nos ilumina e aquece. E que pode estar bem distante de tudo isto. É só procurar um pouco. Um bom verão para todos.
Imagem: elogio da descontração em Marcelo, em página da monocle de junho.

facebook

sexta-feira, 10 de junho de 2016

O MEL E AS MOSCAS | Não vejo grande evolução em relação ao ano passado nas comemorações e nos comportamentos. Cavaco bazou mas as moscas ficaram. Marcelo recuperou as comemorações para o lugar onde as coisas aconteciam no tempo da outra senhora. Condecorou exemplares combatentes do tempo da luta colonial. Enalteceu nacionalismos. Foi populista. Manteigueiro mesmo. O que é que o país e a democracia ganham com isso? 
facebook

10 DE JUNHO VOLTA A SER O QUE ERA | Hoje festeja-se um orgulho qualquer. Parece que é em Portugal e nos portugueses que foram "lá para fora". Há festança em Lisboa e em Paris. Há ali uma legenda na televisão que diz que as comemorações regressam ao Terreiro do Paço ao fim de quarenta e dois anos. Ena, um regresso ao passado. Iniciativa do Presidente, claro está. Ainda bem que o governo em funções não é passista. perdão, passadista. E ainda bem que é João Caraça o presidente da dita festança. Participando com grande discurso, aliás. Concluindo: se não fosse assim ficaria desconfiado. De qualquer forma, por que será que estas coisas me passam completamente ao lado? Agora vai falar o chefe da cerimónia. Vou sair para beber um cafezinho ali na esplanada do costume.
facebook

quinta-feira, 9 de junho de 2016

É PRECISO FAZER UM DESENHO? | A Festa da Ilustração continua. Hoje abre mais uma exposição. Luís Filipe de Abreu tem o seu trabalho mostrado, em jeito de retrospectiva, na Galeria do 11— antigo quartel —, e vai estar presente. É hoje, às seis e meia da tarde. Fica aqui um cheirinho do que está por lá. Convidados.
facebook

quarta-feira, 8 de junho de 2016

terça-feira, 7 de junho de 2016

segunda-feira, 6 de junho de 2016



PODE SER NA TUA EMPRESA, COM CERTEZA | Paulo Portas vai trabalhar nas obras. Na Mota-Engil. E vai trabalhar na televisão, para quem o quiser ver e ouvir. Diz-se que não vai ter mãos a medir. Que não vai saber articular horários. Claro que isso não o assusta. A medida do tempo articula-se como for preciso. E há tempo para tudo. Especialmente para quem só pensa em ganhar muito dinheiro. A política é só uma alavanca. 
facebook

sexta-feira, 3 de junho de 2016

+