quarta-feira, 29 de fevereiro de 2012

HÁ VIDA PARA ALÉM DA TROIKA? | É impossivel mais austeridade para os novos pobres, diz o Presidente da República. O pensionista Cavaco, como novo pobre, começa a ficar preocupado.
É justo. Ou será cínico?
facebook

terça-feira, 28 de fevereiro de 2012



RECEITUÁRIO | A não perder. Clique para ampliar.

segunda-feira, 27 de fevereiro de 2012



INSUSTENTÁVEL LEVEZA | O Presidente ficou surpreendido com os números que todos conhecemos. Podia telefonar-nos. A gente esclarecia a coisa, e ele não fazia figuras tristes, digamos assim.
facebook

sábado, 25 de fevereiro de 2012



TARDE DE AMIGOS E DE OUTRAS COISAS AMIGÁVEIS | Hoje, lá para as cinco da tarde, vou ali ao Salão Nobre da Câmara (Setúbal), ouvir o que o meu amigo Viriato Soromenho Marques tem a dizer sobre este livro do meu amigo Albérico Afonso Costa. Nunca perco um encontro de amigos, muito menos quando estão em causa certas coisas. E esta trata de histórias do lugar onde muitos dos meus amigos respiram e transpiram. Até já.
facebook

sexta-feira, 24 de fevereiro de 2012



O TEMPO E O CORPO | Corpo é tudo. É o corpo que testemunha o que sentimos. É com o corpo que tropeçamos em todas as sensações. É ele que sente a alegria e o sofrimento. É ele que exprime as nossas indignações, as nossa iras, mas também é com ele que amamos com todo o prazer. O corpo somos nós. O tempo molda-lhe as formas. “O tempo, esse grande escultor”, como pretendia Yourcenar.
Há muito que o corpo é apetecido pelos artistas. Falamos do corpo que se contempla, mas também do objecto de desejo. É com o corpo que desvendamos fantasias e procuramos desempenhos sexuais. Sexo não é tabu para um corpo nu. É nu que o corpo se dispõe para amar. “Tu e eu meu amor, meu amor eu e tu, que o amor meu amor, é o nu contra o nu”, escreveu Manuel da Fonseca, e cantou Adriano.
Estes desenhos da Svetlana são a mostra de um olhar curioso sobre os corpos. Serão esboços para pinturas, mas mesmo que as telas fiquem arrumadas no sossego do ateliê, estes desenhos exibem maturidade de obra acabada.
Aliás, que coisa é essa da obra acabada?

Svetlana Potemkina | Desenhos
Aniversário da DDLX
DDLX | DESIGN | COMUNICAÇÃO | LISBOA
Rua de Carmo, 31, 5 D - Lisboa
Abertura hoje, entre as dezoito e as vinte horas.
Em exibição até ao final de março.

quinta-feira, 23 de fevereiro de 2012


A INTEMPORALIDADE | José Afonso morreu há vinte e cinco anos?! Mas... se ainda agora estive a ouvi-lo... E não foi aqui há uns dias que ele gravou o Cantigas do Maio?! E o Venham mais Cinco? Não? Mas parece. E não parece que foi há um bocadinho que ele inventou uma música nova? Sim, a Nova Música Portuguesa, chamemos-lhe assim. E não foi ontem que ele me disse "chegaremos a uma altura em que tudo estará desfeito à nossa volta, enquanto uns emproados nos tentarão convencer de que está tudo bem, vais ver". Estou a ver, Zeca. E tenho saudades. Tantas que ainda acabo por acreditar nessas tretas que por aí dizem. Que morreste. Morreste uma ova. Quem morre não canta assim, nem escreve. Nem diz o que dizes. Disseste-nos tanto, Zeca. Não, não morreste. Estás vivo. Mais vivo do que os que estão a desfazer isto tudo tentando convencer-nos de que não há mais nada a fazer. Nasceram velhos. Vivem à volta das velhas ideias gastas. Não dão por nada. Não querem saber de nada. Para eles, não somos gente. Somos números. É por isso que continuamos a ouvir as tuas canções como sempre o fizemos. E tu estás aqui mesmo ao nosso lado. Muitas vezes pensamos: o que diria o Zeca desta merda? É isso: isto está uma merda, mas nós ainda estamos vivos. E não te esquecemos.
facebook

quarta-feira, 22 de fevereiro de 2012


IMAGEM Andy Warhol por Robert Mapplethorpe

ANDY WARHOL | 25 anos depois do seu desaparecimento, mantemos a recordação do seu trabalho. Ficou. Mantém mistérios e interrogações. É bom. É vida.
facebook

terça-feira, 21 de fevereiro de 2012

CHINA, MEXIA & CATROGA. LDA | Os chineses vieram tratar da energia dos portugueses. Lá estavam Mexia e Catroga solícitos e obedientes. Mexia é o que é: um gestor que faz o que faz pela sua boa vidinha. Mas Catroga, com o discurso sempre eivado de auto elogio, é demasiado irritante. Um baboso convencido. Agora a sério: não há por aí outro operador que forneça energia eléctrica aqui para casa? É que esta gente mete nojo aos cães.
facebook

segunda-feira, 20 de fevereiro de 2012



A CADA UM O SEU QUEIJO | Passos diz que os manifestantes foram para ali de "forma preparada e encenada". É claro que ele não foi para ali nesses preparos. Ele foi para ali porque gosta muito de queijo.
facebook

domingo, 19 de fevereiro de 2012



PRÉMIO
| Parabéns, João Salaviza.
facebook


PRÉMIO | Parabéns, Miguel Gomes.
facebook

sexta-feira, 17 de fevereiro de 2012


RECEITUÁRIO | Clique na imagem para a ampliar.

quinta-feira, 16 de fevereiro de 2012

COMPROMISSO PARA UMA NAÇÃO FORTE | É este o título do programa do Governo associado a uma acção de mera propaganda: a revelação das delícias dos 100 dias de governação em que foi nítido o esforço para o melhoramento das nossas vidas. Com um título tão evidentemente fascista, das duas uma: ou esta gente não sabe o que diz... ou sabe.
facebook

terça-feira, 14 de fevereiro de 2012

segunda-feira, 13 de fevereiro de 2012



CANDEIAS ÀS AVESSAS | O dr. Passos entrou em roda livre, como muito bem refere Pedro Lains nesta crónica. Avanço no entanto com uma achega para o debate: As ideias de Passos Coelho não chegaram ontem no correio. Passos escreveu um livro em que diz ao que vem. Estado e cidadãos são o diabo e a cruz. Gaspar, Álvaro de Vancouver, Moedas e Relvas frequentaram a mesma catequese. Bem, Relvas pertence a outro mercado. A famosa Troika apareceu mesmo no início do baile, e é a desculpa para a arrumação da sala. Passos será um fala-barato, mas sabe que o pode ser, e também é verdade que não se esqueceu da sua cartilha. Este é o único caminho, assegura, e Seguro vê-se grego para o desmentir. Claro que nunca há só uma solução. As coisas não são assim em Democracia. Quando alinhamos à Esquerda, pouco nos emocionam as serôdias e irritantes ideias da Direita. A coisa torna-se mais irritante se nos lembrarmos que a primeira maioria absoluta do PS coincidiu com salientes votações no PCP e no BE. Tivemos a mais consistente maioria de esquerda de que há memória. Acontece que a esquerda é pouco dada a entendimentos, preferindo oferecer as rédeas de bandeja ao adversário. Portas não se rege pelo catecismo de Passos, mas reprime instintos e faz boa cara para a fotografia. Devíamos pensar nisto. O nosso futuro depende de um entendimento entre nós. É que há vida para além deste terrorismo neo-liberal. Tem de haver.
facebook

domingo, 12 de fevereiro de 2012



HOMENAGEM | Whitney Houston.

sexta-feira, 10 de fevereiro de 2012



TODOS DIFERENTES, TODOS DESIGUAIS
| Clicar para ampliar.
facebook


Imagens da peça Valparaíso, a partir de texto de Don DeLillo, pelo TAS

LIBERDADE QUERIDA E SUSPIRADA
| Isto da liberdade de expressão tem muito que se lhe diga. Que o diga o responsável pelo silenciamento de Pedro Rosa Mendes. Lá mandar acabar com a prestação do escritor por causa da sua opinião não mandou, mas sempre foi dizendo, a bem da liberdade de expressão, que não gostou da última crónica. Não gostou de ouvir chamar não sei o quê a não sei quem. Ainda bem que existe liberdade de expressão que permite aos contratantes não concordar com as opiniões divulgadas nos meios de expressão pelos contratados. Assim é que devia ser: depois de cada crónica ditada, surgia a voz do responsável da entidade divulgadora a ditar de sua justiça. Ficava ali tudo esclarecido. Todos ficávamos ansiosos por saber as opiniões dos directores das estações divulgadoras. Mas há sempre uma solução que poderia ser aplicada sem provocar grandes chatices aos senhores das direcções radiofónicas: Contratavam-se como opinadores os chefes de gabinete dos ministros, dos secretários de Estado, dos administradores de empresas públicas, e botavam-se microfones à frente das sapientes beiçolas das criaturas. Era um descanso. É que isto de arranjar gente para dar opiniões é uma seca e nem sempre acaba bem. Que o diga o senhor que dirige aquela rádio onde opinou Pedro Rosa Mendes. A cada um o seu ditado, desde que quem manda e paga esteja de acordo e goste do dito. Enfim, confesso que já estou farto desta conversa ditada. Quem me mandou a mim permitir comentários destes neste espaço divulgador. Esta mania das democracias...
facebook

quinta-feira, 9 de fevereiro de 2012


O BETINHO DA LÁGRIMA | A pintura original - menino da lágrima - é foleira a olho. Esta é o que é. E está muito bem.
facebook
DEAMBULATÓRIO | Tomás Vasques, no Hoje há conquilhas, amanhã não sabemos:

quarta-feira, 8 de fevereiro de 2012



SOMOS TODOS PIEGAS | Este betinho fala em pieguice. Como se as dificuldades que alombamos fossem coisa pouca. O homem não acerta uma. É desautorizado por toda a gente. Até o seu parceiro de coligação, Paulo Portas, desmente a pieguice dos portugueses. Terça-feira gorda haverá uma grande manifestação de desautorização. Ninguém passou cartão à anulação carnavalesca. Cavaco e Passos entraram definitivamente no anedotário nacional. Apesar de ambos não terem apreço pelo Carnaval, já têm lugar garantido no corso do nosso imaginário. O desfile já começou.
facebook

terça-feira, 7 de fevereiro de 2012



MORTE NO MERCADO
| Um painel de azulejos do Mercado do Livramento, em Setúbal, ruiu. Mas o pior não é esta derrocada. Perante a morte de cinco trabalhadores, esta notícia não tem qualquer importância. Este painel era lindíssimo, mas a vida de quem ali trabalhava é que é de lamentar. Um triste acontecimento que enluta uma cidade tão massacrada.
facebook


HOMENAGEM
| Tàpies mudou muita coisa. A mim mudou. Nunca mais fui o mesmo desde o primeiro momento em que olhei um trabalho seu. Muito obrigado, senhor Antoni Tàpies.
facebook


RECEITUÁRIO | Clique na imagem para a ampliar.

segunda-feira, 6 de fevereiro de 2012




HOMENAGEM | 1923-2012
Muito obrigado, senhor Fernando Lanhas.
facebook

sexta-feira, 3 de fevereiro de 2012



RECEITUÁRIO | Humilhação e Glória é um livro de Helena Vasconcelos que decerto merece leitura. Vou frequentá-lo este fim de semana. Bom fim de semana, portanto. E boas leituras.
facebook

quinta-feira, 2 de fevereiro de 2012

quarta-feira, 1 de fevereiro de 2012

VERDADE OU CONSEQUÊNCIA | A Justiça em Portugal está em crise desde os primórdios. Estas lengalengas duram há eras. As lamúrias estão asseguradas para a cerimónia do próximo ano. Doença crónica. Sem cura, portanto.
facebook
+